Diário de Objetos

_ DIÁRIO DE OBJETOS

“Marco do Valle inicia a realização dos Diários de Objetos em meados de 1974. Em vez de
contar uma história, um acontecimento, ou até um sonho, desenhava objetos, imaginando
executá-los depois. Esse trabalho é considerado pelo escultor José Resende, quem foi
professor e amigo do artista, como seu primeiro trabalho artístico. Trata-se de uma mistura deesboço, com orientações de materialidade e procedimentos, e de referências pessoais, narrativas, um caderno-do-artista”.

Julyana Troya, “Marco do Valle: Instalação com Objetos, Unicamp, 2016